José Manuel Morais Anes, nasceu em Lisboa em 1944.

Fez o Serviço Militar obrigatório, como Oficial Miliciano, de 1967 a 1970, tendo sido mobilizado para Angola de outubro de 1968 a outubro de 1970, onde foi Oficial de Ação Psicológica no Destacamento de Foto-cine e depois na 5ª. Repartição do Quartel General da RMA – Região Militar de Angola, tendo sido o responsável pelo “Jornal da RMA”. É desde a sua desmobilização, Tenente Miliciano na disponibilidade.

Investigador das espiritualidades e das religiosidades (das antigas às novas, das tranquilas às violentas, das exotéricas às esotéricas), estuda desde 1989 a Quinta da Regaleira tendo começado a publicar diversos artigos e livros sobre a obra de Carvalho Monteiro e Luigi Manini, a partir de 1990-91. Tem sido um dos maiores divulgadores da Regaleira, particularmente na sua dimensão simbólica, mítica e iniciática. Foi por sua iniciativa que foi classificada pelo IPPAR como imóvel de interesse público.

É autor e co-autor de cerca de 30 livros e artigos no domínio das espiritualidades e religiosidades alternativas, de entre os quais se referem “Re-criações herméticas I e II” (1996, 1997), ambos na Hugin eds. – e que serão reeditados brevemente na editoria Zéfiro -, “Fernando Pessoa e os Mundos Esotéricos” (3ª. Ed. 2006), “Um outro olhar – a face esotérica da cultura portuguesa (2006), ” “Os jardins iniciáticos da Quinta da Regaleira” (1ª. Ed. 2004, 2ª. Ed. 2006), “Mozart e os mistérios iniciáticos” (2007), “Alquimia, os alquimistas contemporâneos e os novos movimentos religiosos” (2009) – resumo da sua Tese de Doutoramento -, “”Guia simbólico da Quinta da Regaleira” (2010), todos na Ésquilo e na Eranos que lhe sucedeu e ainda “Uma Introdução ao Esoterismo Ocidental (Arranha Céus, 2ª. Edição, 2014) .

É Bacharel em Química e Licenciado em Química (Ramo científico de Química-Física), pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, respetivamente em 1973 e 1975. Foi colaborador de investigações no Centro de Química-Física e Radioquímica do (antigo) Instituto de Alta Cultura, de 1973 a 1976 tendo tido uma Bolsa do Governo espanhol para uma Pós-graduação em Madrid em 1977/78, na Faculdade de Ciências da Universidade Complutense e no Instituto de Química-Física Rocasolano” do “Instituto Superior de Investigaciones Científicas”.

Foi Assistente da Cadeira de Biomatemática na Faculdade de Medicina de Lisboa (Hospital de Santa Maria) em 1976/77 tendo tido equiparação a Bolseiro em 1977/78 para a pós-graduação acima referida.

Foi, de 1978 a 1997, Perito Superior de Criminalística do Laboratório de Polícia Científica da Polícia Judiciária, tendo estagiado em Jerusalém, em 1986, no Laboratório da Polícia Nacional de Israel e tendo estado presente em vários estágios e congressos na área da Polícia Científica (Análise de vestígios e Análise de Explosivos) em Israel, Alemanha, França e Inglaterra. Foi Coordenador de duas Comissões de Peritos da Assembleia da República, sobre o “Caso Camarate”. Introduziu no LPC/PJ a Microanálise de Raios X e o Microscópio Eletrónico de Varrimento.

Foi assistente convidado da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, de 1986/7 a 2004/5, tendo lecionado as Cadeiras de Matemática para as Ciências Sociais e Humanas, Estatística e Métodos Quantitativos nos Departamentos de Antropologia, Ciência Política e Relações Internacionais e História.

Lecionou ainda, nos últimos destes anos, a Cadeira de Antropologia da Religião no Departamento de Antropologia daquela Faculdade.

É membro da “European Society for the Study of Western Esotericism” (presidido pelos Profs. Wouter Hanegraaff e Antoine Faivre), apresentou uma comunicação (relacionada com o seu trabalho de Doutoramento) e moderou uma das mesas (sobre a religião na Ásia Central) no Congresso Internacional sobre Novas Movimentos Religiosos e Espiritualidades Alternativas (NMR/EA) que teve lugar na “London School of Economics”, numa organização do CESNUR (dirigido pelo Dr. Massimo Introvigne) e do INFORM (presidido pela Profª. Eileen Barker).

Apresentou também uma comunicação e moderou uma mesa no Congresso Internacional do CESNUR “Changing Gods: between religion and everyday life” em Torino (9-11 de setembro de 2010) na Faculdade de Sociologia da Universidade local.

Doutorou-se em Antropologia Social e Cultural (na área de Antropologia da Religião e dos Novos Movimentos Religiosos) na FCSH/UNL, em abril de 2009 tendo sido aprovado por unanimidade e obtido do Júri a classificação de Muito Bom com Distinção e Louvor. Realizou em junho de 2009 uma Conferência sobre o tema da sua Tese de Doutoramento na Universidade Popular de Bucareste.

Tem organizado colóquios internacionais sobre o Esoterismo de Fernando Pessoa e as suas relações com Aleister Crowley na C.M. Cascais (junho de 2000) e na Casa Fernando Pessoa (abril de 2009).

É Presidente da Direção (tendo sido seu co-fundador, em 2005), do OSCOT – Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, depois de ter sido Vice-Presidente, Secretário-executivo, e membro do seu Conselho Consultivo.

É Diretor, desde a sua fundação em 2006, da revista trimestral “Segurança e Defesa”, tendo sido membro da Comissão Organizadora e da Comissão Científica do “1º. Congresso Nacional de Segurança e Defesa” que teve lugar em Lisboa em 24 e 25 de junho de 2010.

Foi também Docente, ao longo dos anos de, entre outros, cursos no Centro de Estudos Judiciários, no Instituto de Medicina Legal, no Instituto de Sociologia e Etnologia das Religiões (FCSH/UNL), no Centro Nacional de Cultura, na Casa Fernando Pessoa, no Curso de Promoção a Oficiais Superiores da GNR (no IESM), na Reitoria da Universidade de Lisboa e nos Cursos de Pósgraduação e Mestrado em “Estudos Avançados em Direito e Segurança” na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.

É Professor Auxiliar da Universidade Lusíada de Lisboa onde leciona as cadeiras de Organizações criminosas e de Terrorismo na Licenciatura em Políticas de Segurança.
É Professor Auxiliar Convidado no Instituto Superior de Ciências da Saúde “Egas Moniz” (Monte da Caparica), onde leciona e é Regente da Cadeira de “Cena do Crime II” da Licenciatura em Ciências Forenses e Criminais. É membro dos Conselhos Científico e Pedagógico dessa mesma Licenciatura e da Comissão de Ética do mesmo Instituto.

É co-autor do livro “As teias do terror” (Ésquilo, 2006) e de cinco artigos sobre Violência e Terrorismo religiosos publicados no anuário Janus de 2007 (UAL/Público) dedicado ao tema “Religião e Política”.

É ainda autor de dois artigos sobre Jihadismo e Salafismo publicados na revista “Segurança e Defesa”, tendo apresentado Comunicações sobre estes temas em Colóquios organizados pela Associação de Comandos, pela Liga dos Combatentes, pela Sociedade de Geografia (Secção de Ciências Militares) e pela Associação dos Auditores dos Cursos de Defesa Nacional. Intervém regularmente, como comentador eventual, em diversos órgãos de informação (jornais, revistas, rádios e Tv) sobre temas de terrorismo, criminalidade organizada e violenta e grave, polícia científica e segurança interna.

Foi condecorado com a medalha de prata da C.M. Sintra pela iniciativa de pedir ao IPPAR a classificação daquela Quinta como “imóvel de interesse público”.

Foi de 1995 a 2000 Grão-Prior e G.M. Nacional do Grande Priorado Independente da Lusitânia da Ordem dos C.B.C.S. – Rito ou Regime Escocês Rectificado e a seguir, de 2001 a 2004, Grão-Mestre da GLLP/GLRP, onde fundou em 1990/1 a Loja Quinto Império transitando posteriormente para a Loja Teixeira de Pascoaes. Possui várias Condecorações, Ordens e Graus de diversos Ritos e Regimes, nacionais e estrangeiros. É atualmente membro ativo de Lojas e Capítulos ingleses: Internet Lodge da UGLE, Lancaster Chapter, Lodge Rose&Lilly de Mark Master Mason & Royal Ark Mariner e Oxford Council do Royal and Selected Masters).

Em junho de 2016, foi arguente da tese de mestrado que daria origem a este projeto, na Universidade Europeia de Lisboa, no âmbito do curso de marketing digital, no qual foram lançadas as bases de uma plataforma online de turismo místico em Portugal, MysticPaths.